Pesquisar este blog

Translate

29.7.16

Série - A Bíblia, Algumas considerações

Hoje terminei e assistir a série -A Bíblia- no Netflix. Para falar a verdade preferi assistir somente a parte do novo testamento que são episódios de mais ou menos 45 minutos muito bem feitos. 
Destaque para o ator português Diogo Morgado que interpretou Jesus. Foi interessante assistir pela qualidade da série de 2013. Faz uma retomada a filmes antigos na fotografia. Muitas cenas bem feitas e foi bem fiel a Bíblia.
O momento da crucificação, e as aparições de Jesus. Muito boas. Pena que foi bem resumida. Entendo a necessidade de tal artifício para manter o foco narrativo. É uma ótima pedida a qualquer cristão retomar a Bíblia, e quando é possível através do recurso visual é edificante.
Claro que é sempre melhor ler a Bíblia, e como todo o cristão instruído, entender que trata-se de interpretação. Mas é louvável a força evangelistica que a série proporciona. Ao ler observei que esta série foi um sucesso de audiência nos Estados Unidos, aqui no Brasil existe novelas com cunho bíblico que são exibidas pela segunda rede mais assistida do Brasil. Mas reitero a importância de cultuar, aprender na casa do Senhor sobre a Bíblia. Fico feliz por ter acompanhado esta série e aconselho a todos a assistirem ela.


22.7.16

Você usa alguma máscara?

VOCÊ USA ALGUMA MÁSCARA?


pixabay

As máscaras não são uma exclusividade do carnaval. Elas estão presentes em nossa indumentária cotidiana. Há todos os tipos, formas e tamanhos de máscaras. Existem máscaras com qualidade especial: transparência apenas de um lado – o mascarado pode ver a todos, mas estes não podem vê-lo. Há máscaras que oferecem ao usuário a aparência de quem viu o Senhor. Há máscaras de “fim de série de conferências”, com um toque de aparência de “monte”, que parece nunca falhar. Na verdade, todos nós usamos máscaras. Elas fazem parte da nossa roupagem. Por que usamos máscaras? Porque nós temos medo que as pessoas nos conheçam do jeito que somos. Quem afirma que nunca usou uma máscara, acaba de colocar uma pesada máscara de mentira no rosto.

Muitas vezes, as pessoas amam não quem nós somos, mas quem nós aparentamos ser. Amam nossa máscara, não nossa personalidade. Mui frequentemente colocamos uma máscara e usamos a fachada de uma pessoa amável, e então, as pessoas amam aquela pessoa que nós projetamos, mas, lá dentro, atrás da máscara, não somos verdadeiramente aquela pessoa. Fazemos da vida um teatro, e no palco dos relacionamentos colocamos nossas máscaras preferidas para representar o papel que as pessoas mais gostam. Na verdade, muitas vezes, chegamos a ficar impressionados com a beleza de algumas máscaras que usamos.

Quando o profeta Samuel foi à casa de Jessé para ungir um rei sobre Israel, logo ele viu Eliabe, o filho primogênito e ficou impressionado pelo seu porte, altura, beleza e boa aparência. Samuel disse consigo: “Certamente está perante o Senhor o seu ungido” (1Sm 16.6). Mas, Deus lhe repreendeu, dizendo: “Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei, porque o Senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração” (1Sm 16.7). A máscara que Eliabe usava era muito bonita, dava-lhe uma boa aparência, mas por dentro ele era um homem covarde, mesquinho e medroso. Mais tarde, quando os soldados de Israel estavam enfrentando o exército filisteu, Eliabe fazia coro com os medrosos, fugindo das ameaças do gigante Golias. Se isso não bastasse, Eliabe revela sua inveja de Davi, tecendo-lhe duras críticas quando este se dispôs a lutar contra o gigante insolente (1Sm 17.28-30).

Usar máscaras pode nos livrar de censuras, mas não é uma atitude segura. Não podemos afivelar máscaras em nosso rosto o tempo todo. Nem sempre as máscaras ficam bem ajustadas. Elas podem cair nas horas mais impróprias. Quando a máscara de Eliabe caiu, todos conheceram que ele era mesquinho, invejoso e covarde.

Um advogado acabara de concluir o seu curso de direito. Recém-formado, com muitos sonhos e planos, queria logo construir um futuro glorioso. Abriu o seu escritório. Equipou-o com rico e moderno mobiliário. Trajava-se impecavelmente com ternos bem cortados e elegantes. Seu sapato de cromo alemão estava sempre rigorosamente engraxado. Suas gravatas eram de seda, combinando com a tonalidade do terno. A cada manhã, levantava e fazia seu percurso até o escritório, carregando uma bela pasta cheia de papéis. Aquele advogado tinha uma aparência irretocável. Seu escritório era moderno e bem decorado. Sua apresentação pessoal era impecável. Ele só tinha um problema: ainda não tinha nenhum cliente. Certo dia, a campainha do escritório tocou e entrou um cidadão. O advogado pensou: está aqui o meu primeiro cliente. Para impressioná-lo, foi logo pegando o telefone e entabulando uma animada conversa, dando a impressão que estava fechando um grande negócio com um famoso cliente, envolvendo muito dinheiro. Após a longa e animada conversa, o advogado colocou o telefone no ganho e voltou-se para o cidadão que estava postado à sua frente, dizendo-lhe: Desculpe-me a demora, estava tratando de um importante negócio, estou à sua disposição.” O homem, olhando-o profundamente, disse-lhe: “Sou funcionário da companhia telefônica e estou aqui para ligar o seu telefone, porque ele ainda está desligado.” As máscaras podem cair nas horas mais inoportunas! A Bíblia diz: “O teu pecado o achará”, e ainda: “Louco é aquele que zomba do pecado”. E mais: “O homem será apanhando pelas próprias cordas do seu pecado”. Em outros termos: as máscaras cairão.
.


O que dizer a respeito do controle mental e das crenças nas ciências mentais? (Cl. 2.8)

O QUE DIZER A RESPEITO DO CONTROLE MENTAL E DAS CRENÇAS NAS CIÊNCIAS MENTAIS? (Cl. 2.8)

Tais cultos estão focados num conceito de “consciência universal” de que os seres humanos: 1) são parte de uma enorme e infinita consciência; 2) são essencialmente divinos; 3) viverão para sempre em várias formas (reencarnação, e assim por diante); 4) podem comunicar-se com os mortos ou outros espíritos; e 5) pode receber o poder através de exercícios psíquicos e até corporais para transcender a natureza, entender mistérios e afetar seus próprios destinos ou a vida daqueles ao seu redor.

Esses grupos, com nomes de “pesquisa e iluminação”, “meditação transcendental”, “ioga”, e assim por diante, não estão, na verdade, em contato com nenhuma “consciência divina” ou com “poder psíquico”, mas sim com Satanás e seus demônios.
A palavra grega psuche é traduzida como “alma”, de onde nós derivamos a palavra psíquico. A maioria dos grupos da ciência da mente lidam com fenômenos psíquicos ou da alma. Em 1 Co. 2.14 é dito que o psuchikos (“o homem natural”) não receberá as coisas do Espírito de Deus, pois eles são loucura para ele. Os ensinamentos do controle da mente e do movimento da Nova Era, todos apelam ao homem natural, porque eles não requerem o arrependimento e um novo nascimento (Jo. 3.3,5). Um conceito predominante nesses grupos é que, se uma pessoa ganha conhecimento o suficiente, ela pode dominar ou controlar os acontecimentos porque ela é parte do deus ou é deus.

Nós devemos lembrar que o reino dos “psíquicos” é um reino de demônios. Os demônios podem e frequentemente entram na área psíquica. As pessoas que têm contato com os mortos ou com “o outro mundo” não estão mexendo com uma consciência universal. Eles estão em contato com demônios. Os demônios se escondem atrás de qualquer religião oriental, assim como se escondem atrás do ensino dos que controlam a mente.

Fonte: Bíblia de Estudo Plenitude.

As pessoas precisam ser pobres para ser santas? (Lc 18.22)

AS PESSOAS PRECISAM SER POBRES PARA SER SANTAS (Lc.18.22)
E quando Jesus ouviu isto, disse-lhe: Ainda te falta uma coisa; vende tudo quanto tens, reparte-o pelos pobres, e terás um tesouro no céu; vem, e segue-me. Lc.18.22
Tem sido ensinado por muitos anos que a pobreza e a santidade andar de mãos dadas. O apóstolo Paulo disse: “Sei estar abatido e sei também ter abundância”. Então, ele acrescentou: “Posso todas as coisas naquele que me fortalece” (Fp. 4.12-13).
Você pode ser tão santo quando você é financeiramente confortável como quando você é pobre. Talvez seja mais fácil clamar a Deus por ajuda quando você está em necessidades. Mas se os crentes santificam a Deus o seu coração, acima das preocupações materiais, eles devem estar preparados para viver acima de suas circunstâncias, quer envolva prosperidade ou pobreza.
A pobreza é uma maldição, não uma bênção. Ela certamente não está igualada à justiça. Ela vem, às vezes, por causa dos horrores da guerra, às vezes por causa de um governo injusto ou sem sabedoria, às vezes por causa da opressão feita por cobiçosos e por homens sem misericórdia, às vezes pela desobediência aos mandamentos de Deus e, às vezes, por causa da falta de conhecimento dos princípios das bênçãos de Deus. Às vezes, uma pobreza temporária segue um ataque satânico ou uma séria e inexplicável calamidade. Qualquer que seja a causa, a pobreza não é igualada à santidade.
Alguns, voluntariamente fazem um voto de santidade para que eles possam se dar totalmente a Deus. Nessa situação, a pobreza se torna uma bênção para essas pessoas, porque elas desistiram de suas riquezas materiais por causa de Deus. Porém, ser simplesmente pobre não é um sinal de santidade. É claro que ser rico também não é um sinal de santidade. As pessoas santas são aquelas que estão contentes em qualquer lugar que Deus as colocar e que o serve com o melhor de suas habilidades, independentemente de circunstâncias materiais (1 Tm. 6.6,17-19).


Fonte: Bíblia de Estudo Plenitude.

Qual é o poder dos Cristãos sobre os demônios? (Mt 10.8)

QUAL É O PODER DOS CRISTÃOS SOBRE OS DEMÔNIOS? (Mt. 10.8)


A Bíblia diz: “Porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo” (1 Jo. 4.4). O crente, tendo o Espírito Santo nele, tem poder sobre todos os demônios. Quando Jesus Cristo enviou seus apóstolos nas suas missões, ele disse que estava dando-lhes autoridade (exousia) sobre todo o poder (dunamis) do inimigo (Lc. 10.19). A autoridade de Jesus é maior do que o poder satânico.

Quando os discípulos disseram: “Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam”, Jesus respondeu: “Mas não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos, antes, por estar o vosso nome escrito nos céus (Lc. 10.17,20). O cristão tem autoridade ilimitada sobre os demônios, em nome de Jesus, mas a autoridade não é nada comparada à glória e autoridade que conheceremos no céu.
fonte:
Questão respondida por Pat RobertsonAnswers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984)

O que é exorcismo (At. 19.13)


O QUE É EXORCISMO? (At. 19.13)


E alguns dos exorcistas judeus ambulantes tentavam invocar o nome do Senhor Jesus sobre os que tinham espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus a quem Paulo prega.Atos 19:13-13

Exorcizar é ordenar, no nome de Jesus, que um demônio saia de alguém, de uma casa ou de qualquer lugar em que o demônio possa estar. O exorcismo é executado pela palavra falada, no nome de Jesus, através do poder do Espírito Santo, e isso é feito de um modo simples e rápido (At. 16.16-18). A pessoa que está fazendo o exorcismo deve estar cheia do Espírito de Deus. Ele não deve ter nenhum tipo de pecado não confessado em sua vida, porque o demônio se aproveitará de qualquer fraqueza (At. 19.13-16). Assim, essa pessoa deve ser pura de qualquer sentimento egoísta, impureza sexual, ambição, e qualquer coisa que o deixaria aberto a alguma cobrança do inimigo, que é o acusador dos irmãos.

Uma outra palavra de precaução: As pessoas não devem sair procurando por demônios ou criando onde não existe. O crente deve estar preparado para confrontar os demônios, quando a necessidade aparece, mas não devem buscar esse tipo de encontro.

fonte:
Questão respondida por Pat RobertsonAnswers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984)

21.7.16

O Aborto é errado? (Sl. 139.13)

Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. Salmos 139:13
O aborto é definitivamente errado. Abortar é tirar a vida de um ser humano, pois a Bíblia mostra que a vida começa na concepção. Deus nos forma quando estamos ainda no ventre da nossa mãe (Sf. 139.13). O profeta Jeremias e o apóstolo Paulo foram chamados por Deus antes deles terem nascidos (Jr. 1.5; Gl. 1.15) João Batista pulou no ventre de sua mãe quando a voz de Maria, a mãe do Senhor, foi ouvida (Lc. 1.44). Obviamente, as crianças já no ventre têm uma identidade espiritual.

Desde o momento da concepção, há um progresso de desenvolvimento que continua até chegarmos à idade adulta. Deus condenou os Israelitas que estavam oferecendo seus filhos ao deus pagão Moloque. Tais crianças eram queimadas nas chamas de sacrifício (Lv. 20.2), oferecidos a um deus de sensualidade e conveniência. O mesmo está ocorrendo hoje e, agindo dessa maneira, nós estamos dizendo que os seres humanos não têm nenhum valor. Essa é uma marca terrível de nossa sociedade.

A Bíblia não é mais específica na questão do aborto, porque tal prática teria sido algo impensável ao povo de Deus. Por exemplo, quando Israel estava no Egito, um cruel Faraó forçou os Israelitas a matarem seus bebês recém-nascidos. Na Bíblia isso era visto como o tipo mais cruel de opressão (Êx. 1.15-22). A ideia de matar seus próprios filhos teria sido um anátema aos hebreus. Por todo o Antigo Testamento, as mulheres ansiavam por ter filhos. Os filhos eram considerados um dom de Deus. As mulheres oravam para não serem estéreis. Como poderia uma mulher justa se voltar contra seus próprios filhos para destruí-los? O aborto não é somente impensável, como também é a pior das barbaridades pagãs.

fonte:
Questão respondida por Pat RobertsonAnswers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984)


Qual é a diferença entre Adultério e Fornicação (Mateus 5.27)

​"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Não adulterarás’. Mateus 5:27-27
As relações sexuais entre uma pessoa casada e alguém que não seja seu cônjuge são chamadas de adultério.
Os Dez Mandamentos contêm a proibição contra o adultério: "Não adulterarás" (Êxodo 20.14). A razão é simples: o casamento é o fundamento da sociedade, e com ele vem a responsabilidade de criar filhos. O sexo casual fora do casamento não somente ameaça o casamento como também destrói o sentimento paternal ou maternal para com os filhos do casamento, atrapalhando a linha de relacionamento familiar.
A fornicação é o sexo entre duas pessoas solteiras. O apóstolo Paulo disse que esse é um pecado contra o corpo. Ele ordena aos cristãos que fujam da fornicação, pois isso é um pecado contra o próprio ser e Deus, pois o nosso corpo pertence a Deus (1 Coríntios 6.18-19). 
Paulo diz que se o crente une o seu corpo a uma prostituta (ou alguém que seja imoral), ele estará unindo o seu corpo, que pertence a Deus àquela pessoa (1 Coríntios 6.15-16).

É muito importante entender que nem os fornicadores nem os adúlteros entrarão no Reino de Deus (1 Coríntios 6.9-10). No mundo atual, o termo fornicação é raramente usado e a imoralidade entre as pessoas solteiras é comumente aceita como um estilo de vida. Mas a imoralidade, mesmo que tão comum, é um pecado que mantém milhões de pessoas longe do céu, a menos que elas se arrependam.

fonte:
Questão respondida por Pat RobertsonAnswers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984) 



20.7.16

Qual o maior pecado? (Mt 23:2-12)

Qual o maior pecado? (Mt 23:2-12)

O maior pecado é o orgulho.
Sl 59:12 / Pv 8:13 / Pv 16:18 / Pv 29:23

Primeiro, o orgulho foi o pecado fundamental de Satanás, quando ele primeiro pecou.
O orgulho diz: eu posso fazer isso melhor do que Deus. "E Satanás pensou que ele podia fazer algo melhor em governar o universo do que Deus podia." (Is 14:12-14 , Ez 28:12-19)
Segundo, o orgulho inevitavelmente leva ao pecado da rebelião.
Quando adotamos uma atitude orgulhosa de levar adiante o plano para nossa vida e para a de todos ao redor, nós, sem dúvida, estaremos entrando em conflito com o plano de Deus.
É por isso que a bíblia diz: "Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes". (Tg 4:6 )
Não há jeito de estar neutro no Reino. Ou se está ao lado de Jesus ou contra Ele. O orgulhoso está, automaticamente, contra Ele, porque a sua vida não está relacionada com Jesus e ao que Ele almeja na sua vida. Enfim, o orgulho leva a pessoa a um senso de auto-suficiência, fazendo-nos relutantes para aprender ou receber de Deus ou do ser humano. Jesus disse que precisamos nos converter e nos fazermos como crianças. (Mt 18:3-4). As crianças entendem e são fáceis de se ensinar. Elas sempre querem aprender do Pai. Mas quando uma pessoa se torna orgulhosa, ela se torna auto-suficiente e não consegue aprender, enquanto as coisas boas do Reino de Deus são dadas aqueles que as pedem. Se você não pedir, você não receberá. O nome de Deus revela essa verdade. Ele é o "EU SOU" (Ex 3:14). Eu sou o quê? A resposta - EU SOU a provisão para sua necessidade. EU SOU aquele que cura; EU SOU a sabedoria, a santificação, a provisão, a vitória e a salvação. O Seu poder se estende ao seus filhos como um cheque em branco. Nós somente temos de preencher o cheque, de acordo com as nossas necessidades. É somente quando você percebe que está em necessidades, que você pode, verdadeiramente, experimentar Deus. Se nós sentimos que não temos necessidades, nós nos tornamos auto-suficiente e então excluímos Deus da nossa vida. É por isso que o orgulho tira todas as bênçãos do Reino. Através do orgulho, nós pecamos contra Deus e contra nós mesmos.
fonte:
Questão respondida por Pat Robertson
Answers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984)



19.7.16

Como perdoar os meus inimigos (Mt. 5.43-44)

COMO PERDOAR MEUS INIMIGOS? (Mt. 5.43-44)
"Vocês ouviram o que foi dito: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo’.Mas eu lhes digo: Amem os seus inimigos e orem por aqueles que os perseguem,Mateus 5:43,44


O primeiro passo para o perdão é reconhecer seu ressentimento contra o seu inimigo. Você deve entender quem é o inimigo e o que ele fez para machucar você. Então, quando você diz conscientemente: “Eu perdoo essa pessoa pelos seguintes enganos cometidos contra mim”. Então, arrependa-se de seus sentimentos contra os seus inimigos e peça a Deus para perdoá-lo, como Jesus disse (Lc. 11.4).




Depois disso, comece a orar ativamente pelo bem de seu inimigo. Jesus nos disse para orarmos pelos nossos inimigos e que, fazendo isso, irá ajudar a nos encher com amor por eles (Mt. 5.43-48). Quando você ora pelos seus inimigos, pedindo a Deus para suprir suas necessidades e para manifestar-se a eles, você estará vencendo o mal com o bem. Ao invés de ficar alimentando pensamentos negativos em sua mente, você estará preenchendo sua mente com pensamentos positivos do amor de Deus para aquela pessoa. Você está agora do lado do seu inimigo; você tem uma participação espiritual no bem-estar dele. Se Deus responder as suas orações, no que você quer que ele o faça, a pessoa pela qual você orou será abençoada, e você aprenderá a respeito da redenção – a maior forma de perdão (Mt. 18.21-35). Portanto, se você pedir a Deus para abençoar alguém que lhe fez algum mal, o resultado pode bem ser um pecador arrependido e um novo irmão ou irmã no Senhor.


fonte:
Questão respondida por Pat Robertson
Answers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984)




18.7.16

Há algo de errado em jogar? (Lc 4.12)

Há algo de errado em jogar? (Lc 4.12)

Não tentarás ao Senhor teu Deus.Lucas 4:12-12

Na Bíblia, eram lançadas sortes como meio para determinar a vontade de Deus (Lv 16.7-10; Jo 1.7; At 1.24-26). No antigo Israel, era aceito que Deus controlasse o dado e que ele falasse ao seu povo dessa forma. Embora não haja tal coisa como sorte e o controle de Deus sobre todas as coisas, quando alguém toma o dinheiro que pertence a Deus (porque tudo que temos pertence a Deus) e aposta isso numa rodada de roleta, ou numa partida de cartas, está pedindo por perturbação. Ele estará dizendo, através das suas ações: “Deus, eu estou arriscando o seu dinheiro, e a minha fé na esperança de que você faça isso acontecer”. Quando você age assim, você está colocando o Senhor à prova. Você está tentando Deus, e isso é um pecado (Dt 6.16; Lc 4.10-12).

Os jogos de azar podem destruir uma pessoa, tornando-se uma obsessão e uma compulsão, exatamente como o alcoolismo. O apostador habitual arruína a sua família e a sua vida, e alguns roubam para conseguir dinheiro para apostar. Isso pode virar uma doença que tem destruído literalmente milhares de pessoas.

A difusão dos jogos de azar em nossa sociedade ensina as pessoas que fama, sucesso e fortuna estão disponíveis sem a necessidade de se trabalhar ou de se esforçar. As virtudes da perseverança, economia e investimento cuidadoso, assim como a paciência, estão todas sufocadas por esse vicio.

No lugar dessas virtudes estão a ambição humana, a luxúria, a avareza, a preguiça, a mentalidade de viver o momento, Como é trágico ver os legisladores ligarem seus orçamentos futuros à legalização de jogos de azar e a loterias que sufocarão as virtudes que seus cidadãos precisam para um verdadeiro crescimento e prosperidade a longo prazo.

fonte:
Questão respondida por Pat Robertson
Answers to 200 of Life's Most Probing Questions (1984)

17.7.16

Top Um de louvores

Só Deus é digno de toda a honra, glória e louvor!

Em primeiro lugar, devemos louvar a Deus porque Ele merece. O nosso louvor não pode depender das nossas emoções, porque as nossas emoções mudam, mas Deus é sempre igual.

Um verdadeiro adorador louva a Deus em todos os momentos, sejam quais forem as circunstâncias.

A palavra de Deus nos motiva a louvar a Deus, pois nos revela o Seu caráter maravilhoso. Seja inspirado pelos seguintes versículos sobre louvor.


Todo o louvor é louvável, já é de grande valor o trocadilho. Pois quem canta a Deus louva com um motivo mais do que nobre . Engrandecer o autor da Criação. Então voltas e meia lançarei aqui no blog Waldryano postagens com cinco louvores inspiradores, com um vídeo e a letra concordas com os louvores desta seleção?

Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
Salmos 9:1-2

1º lugar neste Top de adoração
O primeiro lugar deste Top de Adoração nos faz refletir os últimos momentos do Mestre e nos demonstra o quão sofrível foi o nosso resgate. Hoje somos liberto pelo ato generoso do filho de Deus que se fez carne e sofreu todos os anseios e angustias que um homem pode sentir. Adorar e exaltar é agradecer acima de tudo. O louvor que toca a alma e torna-se sublime será louvado um dia pelos remidos em alta voz e em tom perfeito no céu.

letra: Getsêmani | Leonardo Gonçalves


No Getsêmani foi que meu Jesus orou
Se entregando ao Pai mais uma vez
Logo vieram pessoas para o levar
Para a maior das provações
Ele tanto amou, tudo suportou
Ele carregou a nossa cruz

Ver os cravos nas mãos, seu corpo a sofrer
Naqueles momentos de dor
Ver o mestre a chorar e foi por você
Que ele mostrou tanto amor

Os soldados cuspiam no seu rosto nu
Posso ouvir o clamor da multidão
E Jesus a olhar aquele céu azul
Pede ao Pai que lhes dê o seu perdão
Ele tanto amou, tudo suportou
Ele carregou a nossa cruz

Ver os cravos nas mãos, seu corpo a sofrer
Naqueles momentos de dor
Ver o mestre a chorar e foi por você
Que ele mostrou tanto amor

Ele tanto, tanto me amou
Ele tudo por mim suportou
Carregou minha cruz

Ver os cravos nas mãos, seu corpo a sofrer
Naqueles momentos de dor
Ver o mestre a chorar e foi por você
Que ele mostrou tanto amor

Top Dois de Louvores

Só Deus é digno de toda a honra, glória e louvor!

Em primeiro lugar, devemos louvar a Deus porque Ele merece. O nosso louvor não pode depender das nossas emoções, porque as nossas emoções mudam, mas Deus é sempre igual.

Um verdadeiro adorador louva a Deus em todos os momentos, sejam quais forem as circunstâncias.

A palavra de Deus nos motiva a louvar a Deus, pois nos revela o Seu caráter maravilhoso. Seja inspirado pelos seguintes versículos sobre louvor.


Todo o louvor é louvável, já é de grande valor o trocadilho. Pois quem canta a Deus louva com um motivo mais do que nobre . Engrandecer o autor da Criação. Então voltas e meia lançarei aqui no blog Waldryano postagens com cinco louvores inspiradores, com um vídeo e a letra concordas com os louvores desta seleção?

Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
Salmos 9:1-2

2º lugar neste Top de adoração

O segundo lugar deste Top Cinco, retomou a minha infância, sou assembleiano lembro que fui ao gideões missionário quando tinha meus doze anos de idade e este louvor ecoava em todos os lugares meus pensamentos retomam a minha infância e quando fecho os olhos e louvo este louvor choro, sim um choro de regozijo por saber que além existe um único Deus que é digno de toda a honra e glória!


letra: O Escudo | Voz da Verdade

Por toda a minha vida
Oh Senhor, te louvarei
Pois meu fôlego é a tua vida
E nunca me cansarei
Posso ouvir a tua voz
É mais doce do que o mel
Que me tira desta cova
E me leva até o céu

Já vi fogo e terremotos
Vento forte que passou
Já vivi tantos perigos
Mas tua voz me acalmou
Tú dás ordem às estrelas
E ao mar os seus limites
Eu me sinto tão seguro
No teu colo, oh altíssimo

Não há ferrolhos
Nem portas que se fechem
Diante da tua voz
Não há doenças, nem culpa
Que fiquem de pé diante de nós
E a tempestade se acalma
Na voz daquele que tudo criou
Pois sua palavra é pura
Escudo para os que nele creem

Top três de Louvores

Só Deus é digno de toda a honra, glória e louvor!

Em primeiro lugar, devemos louvar a Deus porque Ele merece. O nosso louvor não pode depender das nossas emoções, porque as nossas emoções mudam, mas Deus é sempre igual.

Um verdadeiro adorador louva a Deus em todos os momentos, sejam quais forem as circunstâncias.

A palavra de Deus nos motiva a louvar a Deus, pois nos revela o Seu caráter maravilhoso. Seja inspirado pelos seguintes versículos sobre louvor.


Todo o louvor é louvável, já é de grande valor o trocadilho. Pois quem canta a Deus louva com um motivo mais do que nobre . Engrandecer o autor da Criação. Então voltas e meia lançarei aqui no blog Waldryano postagens com cinco louvores inspiradores, com um vídeo e a letra concordas com os louvores desta seleção?

Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
Salmos 9:1-2

3º lugar neste Top de adoração

Nosso terceiro lugar embarca em um barquinho, e começa a navegar em águas profundas, vem a tempestade e logo o louvor toma conta, só louvando mesmo. E como este louvor é exaltado! Meu barquinho é exaltado tanto aos adultos quanto as crianças.


Meu Barquinho | Giselli Cristina

O vento balançou, meu barco em alto mar,
O medo me cercou, e quis me afogar,
Mas então eu clamei, ao filho de Davi,
Ele me escutou, por isso estou aqui.

O vento Ele acalmou, O medo repreendeu,
Quando Ele ordenou, O mar obedeceu.

Não temo mais o mar, pois firme está minha fé,
No meu barquinho está, Jesus de Nazaré,
Se o medo me cercar, ou se o vento soprar,
Seu nome eu clamarei, Ele me guardará.

Não temo mais o mar, pois firme está minha fé,
No meu barquinho está, Jesus de Nazaré,
Se o medo me cercar, ou se o vento soprar,
Seu nome eu clamarei, Ele me socorrerá.

O vento balançou, meu barco em alto mar,
O medo me cercou, e quis me afogar,
Mas então eu clamei, ao filho de Davi,
Ele me escutou, por isso estou aqui.

O vento Ele acalmou, O medo repreendeu,
Quando Ele ordenou, O mar obedeceu.

Não temo mais o mar, pois firme está minha fé,
No meu barquinho está, Jesus de Nazaré,
Se o medo me cercar, ou se o vento soprar,
Seu nome eu clamarei, Ele me guardará.

Não temo mais o mar, pois firme está minha fé,
No meu barquinho está, Jesus de Nazaré,

Se o medo me cercar, ou se o vento soprar,
Seu nome eu clamarei, Ele me socorrerá.

Não temo mais o mar, pois firme está minha fé,
No meu barquinho está, Jesus de Nazaré,
Se o medo me cercar, ou se o vento soprar,
Seu nome eu clamarei, Ele me socorrerá.

16.7.16

Top quatro de Louvores

Só Deus é digno de toda a honra, glória e louvor!

Em primeiro lugar, devemos louvar a Deus porque Ele merece. O nosso louvor não pode depender das nossas emoções, porque as nossas emoções mudam, mas Deus é sempre igual.

Um verdadeiro adorador louva a Deus em todos os momentos, sejam quais forem as circunstâncias.

A palavra de Deus nos motiva a louvar a Deus, pois nos revela o Seu caráter maravilhoso. Seja inspirado pelos seguintes versículos sobre louvor.


Todo o louvor é louvável, já é de grande valor o trocadilho. Pois quem canta a Deus louva com um motivo mais do que nobre . Engrandecer o autor da Criação. Então voltas e meia lançarei aqui no blog Waldryano postagens com cinco louvores inspiradores, com um vídeo e a letra concordas com os louvores desta seleção?

Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
Salmos 9:1-2

5º lugar neste Top de adoração

Quando se trata de um adorador não poderia deixar de citar neste top da adoração uma adoradora por excelência, esta cantora louva com o coração, mesmo em meio as dificuldades ela louva somente louva. Estes dias ela passou por um drama pessoal que me fez acreditar mais e mais neste louvor, concorda com a adoração neste louvor?
  
letra: Nada Pode Calar Um Adorador | Eyshila
Adorador é tudo o que eu sou
Adorador, assim Deus me formou
E quem poderá calar a voz de um coração?
Se eu subir aos céus, eu sei que lá estás
Se eu mergulhar no mais profundo mar
Nunca poderei me ausentar do Teu olhar

Tu és o Deus que me sonda
Tu és o Deus que me vê
Não tenho todas as respostas
Mas de uma coisa sei
Por toda a minha vida te adorarei

Adorar é o que sei
Adorar é o que sou
Nada pode calar um adorador
Não existem prisões
Que contenham a voz de quem te adora, oh, Senhor!

Adorar é o que sei
Adorar é o que sou
Nada pode calar um adorador
Não existem prisões
Que contenham a voz de quem te adora, oh, Senhor!

Se eu vencer (te adoro)
Se eu perder (te adoro)
Se eu subir (te adoro)
Se eu descer
Te adorar é o meu prazer
Minha força vem do Senhor
Nada pode calar um adorador

Adorar é o que sei
Adorar é o que sou
Nada pode calar um adorador
Não existem prisões
Que contenham a voz de quem te adora, oh, Senhor!

Adorar é o que sei
Adorar é o que sou
Nada pode calar um adorador
Não existem prisões
Que contenham a voz de quem te adora, oh, Senhor!


Top Cinco de Louvores

Só Deus é digno de toda a honra, glória e louvor!

Em primeiro lugar, devemos louvar a Deus porque Ele merece. O nosso louvor não pode depender das nossas emoções, porque as nossas emoções mudam, mas Deus é sempre igual.

Um verdadeiro adorador louva a Deus em todos os momentos, sejam quais forem as circunstâncias.

A palavra de Deus nos motiva a louvar a Deus, pois nos revela o Seu caráter maravilhoso. Seja inspirado pelos seguintes versículos sobre louvor.


Todo o louvor é louvável, já é de grande valor o trocadilho. Pois quem canta a Deus louva com um motivo mais do que nobre . Engrandecer o autor da Criação. Então voltas e meia lançarei aqui no blog Waldryano postagens com cinco louvores inspiradores, com um vídeo e a letra concordas com os louvores desta seleção?

Senhor, quero dar-te graças de todo o coração
e falar de todas as tuas maravilhas. Em ti quero alegrar-me e exultar,
e cantar louvores ao teu nome, ó Altíssimo.
Salmos 9:1-2

5º lugar neste Top de adoração
Quantas vezes sentimos a necessidade de Renovar nossas forças, todo o Cristão sente isto, e o louvor é o grito da Alma. Neste louvor a cantora esta se recuperando de um acidente, que poderia ceifar a sua vida. Assista o vídeo e observe a mão da cantora. O louvor é de dentro do coração sinta-o aí!

letra: Renova-me | Voz da Verdade
Senhor venha mudar, mudar meus pensamentos
Restaura os meus sonhos e meus sentimentos
Vem encher o vaso
É o que eu mais quero
Por onde tenho andado
Sempre estás por perto
(Tem misericórdia de mim senhor, sou carente do teu espírito)

Vem encher o vaso
É o que eu mais quero
Por onde tenho andado
Sempre estás por perto
Renova-me senhor, venha curar as minhas feridas
Eu quero ser melhor, renova-me senhor

Senhor venha mudar, mudar meus pensamentos
Restaura os meus sonhos e meus sentimentos
Vem encher o vaso
É o que eu mais quero
Por onde tenho andado
Sempre estás por perto

Renova-me senhor, venha curar as minhas feridas
Eu quero ser melhor, renova-me senhor
Renova-me senhor

10.7.16

O urso (L'ours) Crítica

 Assisti o filme O urso e deixo aqui minhas impressões:
Bom vamos a história:
-O filme possui duas perspectivas e cenas: -A do animal, e a do caçador.
O filme inicia com uma mãe ursa, com seu filhote que habilmente esta coletando mel em um despenhadeiro (montanha cheia de pedras) de repente uma grande rocha cai e mata a ursa. Vale adentrar na história e comentar a qualidade da cena. Parece que os ursos realmente estão representando. Fruto de anos de filmagens. Voltando: -O pequeno urso fica com a mãe esperando que ela volte. Mas não volta.
O foco narrativo demonstra agora dois caçadores, pai e filho especialistas em caçar urso, preparando o rifre para a próxima caçada.
Já em outro momento o pequeno urso sai sem rumo a fim de sobreviver na floresta inóspita, é verão.
Ele encontra um veroz urso, é persistente e consegue tornar-se amigo deste urso.
O filme narra a partir daí uma veroz caçada entre os caçadores e estes dois ursos.

No final o urso encurrala um caçador. que implora para viver. O urso poupa a sua vida. Os dois caçadores vão embora vencidos
.
Nos momentos finais há uma interessante sequencia, onde o filhote de urso é perseguido por um predador felino. Quando tudo parece perdido aparece o seu amigo e o salva de uma morte certa.

Um filme interessante pelo cuidado de narrar uma história com personagens inusitados, diversos aspectos da vida selvagem são retratadas no filme. Apesar de parecer cruel tanto o modo de viver de um predador, quanto os caçadores em busca do troféu. O filme passa esta mensagem: -Proteção a animais que possuem como maior predador: -O ser humano.

No final é esclarecido ao telespectador, a motivação do filme, que é alertar a sociedade sobre a caça de ursos. Também é dito que nenhum animal foi ferido para fazer o filme.

Filme imperdível para assistir em família, segue abaixo a sinopse do filme e o trailer:
O Urso (L'ours)
Sinopse: Poucos filmes conseguiram captar tão bem a verdadeira essência da vida selvagem como O Urso de Jean-Jacques Annaud. Foram quase quatro anos de filmagens, para obter o que o diretor chama de ponto de vista dos animais. O personagem central da história chama-se Youk, um precoce ursinho que, ao ficar órfão, tem de aprender a sobreviver num mundo hostil. Dois caçadores, Tom(Tchéky Karyo) e Bill (Jack Wallace), matam a mãe do pequeno Youk e fazem o animal suportar as agruras da floresta e a fazer face aos perigos que o rodeiam. Mas ele também encontra Kaar, um grande urso solitário que, contra todas a expectativas, ajuda Youk a enfrentar seus piores e mais mortíferos inimigos: os dois caçadores. O Urso ganhou o César de Melhor Filme Francês em 1988 e foi indicado para o Oscar de Melhor Montagem.fonte: http://www.interfilmes.com/filme_19870_O.Urso-(L.ours).html


Crônicas de um Velho Jovem

9.7.16

Ferrugem e osso

Nestes dias assisti um filme: -Ferrugem e osso e gostaria de traçar algumas linhas sobre esse filme.
A história é de um Pai, meio 'levado a breca' no começo do filme até aparece uma cena onde ele furta.
Este pai vai morar com a irmã, situação bem pobre, a irmã trabalha em um supermercado e faz bicos como cuidadora de animais. Vida sofrida o protagonista da história gosta de lutas e sempre as vê, alias ele foi a tempos atrás lutador.
Por esta particuliaridade o moço consegue um emprego de segurança, e na casa de festa encontra a mocinha do filme.
Devo deixar claro ao leitor que este filme não tem este interesse de mostrar mocinho ou mocinha, ele tem o interesse de demonstrar uma história o mais real possível foi esta a minha impressão e a sua também se assistir este filme.
Mais a frente a moça sofre um terrível acidente onde perde as duas pernas.
O moço e esta moça nutrem uma diferente amizade. 
E no final acabam juntos.


Claro que não se resumiria a isto o filme: -Mas ao fato real do filme.
Eu assisti o filme pensando que a moça realmente não tinha as pernas, ela as têm, foi retirada digitalmente. Mas tudo faz você pensar que ela não tem as pernas.
O moço é um anti-herói, nenhum momento o filme trás algum traço de emotividade a ele. As cenas onde ele 'disciplina' seu filho. Tudo real e assustador.
A moça também, passa por um drama, mas é pratica, claro que tem um momento de adaptação onde ela fica bastante 'deprimida' com o fato de não ter as pernas. 
Mas daí entra o mocinho, que trata como algo natural e a adaptação é vista no filme.


Um filme assustador:
-Vou te dizer leitor, que o filme tem que passar para o telespectador a sensação de viver outra vida, de modo real.
-Nunca que eu seria um lutador de rua.
-A situação de perder as pernas pode ser algo bem distante.


Daí adentra o filme para te trazer a história real que propoe.
-Mas a crítica seria ser tão real que não se vê uma risada, nada que tire aquela situação de tensão?
-Tudo bem que é Drama o filme.
-Mas poderia sim ter algum personagem integrador para este real.





Crônicas de um Velho Jovem

6.7.16

Descanse em Paz

Olá amado e querido leitor, sei que às vezes meus textos encontram pessoas, e sei que por outras vezes são crônicas de um Velho Jovem. Hoje precisava escrever e não poderia ser indiferente ao ato que é uma impressão pessoal que  marcou. Nem sei como mas sim, preciso deixar registrado e será Aqui. o título desta crônica que será impressões reais de um acontecimento que ocorreu-me no Sábado dia dois de Julho de 2016 é este:

Descanse em Paz

Estava a finalizar o culto onde participava, era o culto da mocidade e ajudo neste departamento. Quando veio a minha sogra de carro, um garoto veio e avisou. Fui ao carro e ela me falou: -Waldryano, chame um irmão (presbítero da igreja) precisamos ir a casa de uma parente que esta enferma e sua filha pediu aos prantos que fosse um representante da igreja fazer uma oração para ela.

Caro leitor, não se assuste e nem estagne-se ao ler minhas impressões daqui adiante. Entenda que é um relato verdadeiro de um dia da minha vida deixado aqui como registro.

Já nesta casa, com a minha sogra, o irmão presbítero, e eu com a minha Bíblia abaixo do braço, estavam toda a família desta senhora. Estavam reunidos em um churrasco.(Já explico melhor este churrasco)

Entrei e a Senhora estava em um quarto, uma filha em um lado da cama de solteiro e a outra logo ao pé. Ambas choravam. Fiquei por ali, então o irmão começou a falar com os parentes e familiares que estavam bastante apreensivos. (Os que estavam no quarto estavam bastante apreensivos, uns oito familiares desta senhora).

Vale falar um pouco desta senhora antes de narrar os fatos ocorridos logo após.

Uma Senhora magra com o semblante de dor, vi e marcou bastante ela estava com uma espécie de sensor, bastante parecido com um medidor de pressão, que monitorava as batidas do coração através do dedo.

Após em casa minha esposa falou a moléstia dela. Que estava passando por um tratamento paliativo em casa.

Aquela senhora descobriu em janeiro que estava com leucemia. Aquela Senhora estava muito magra uns 35 quilos e estava sentindo dor naquela cama de olhos fechados, escutava o que falávamos, segundo o que nos contou as suas filhas, ela se retorcia naquela cama num silencio agoniante.

Fomos convidados a fazer uma oração para ela, o irmão presbítero iria faze-la , Ele observou que eu estava com a Bíblia e gentilmente pediu para fazer uma leitura bíblica.

Claro que iria fazer, e é claro que seria somente se ele pedisse. E assim o fiz;

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.
Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.
Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Lembro me que em outro momento que também fui convidado a visitar um amigo que foi por toda a vida o vizinho presente que também sofria e fiz esta leitura.

Ao orar o irmão fez uma oração com bastante verdade, eu clamava por um bom resultado para aquela mulher que estava sofrendo naquela cama.

No final insistiram para comer o tal churrasco. Para evitar desfeita e desentendimentos comi um pedacinho do contra filé que estava ótimo. Entenda aqui leitores que o churrasco, eu entendi como uma confraternização da família (leia com bom sentido aqui por favor!) não senti em nenhum momento contenda ou desentendimento ou qualquer outro tipo de malícia uma confraternização pois era sábado, e o fato da senhora estar doente já era fato, pois como disse anteriormente já passava por um tratamento paliativo. (Estava desenganada, o médico liberou para 'morrer na casa'.)

As cinco horas do domingo a mulher morreu e foi velada em um centro comunitário.

Sabe leitor, intimo deste relato, eu olhava aquela senhora deitada naquela cama, e imaginava que poderia sim falecer, mas não tão rápido. Se ela escutou minha leitura do Salmos 23, (Esqueci de escrever anteriormente, que fiz pequenos comentários de bom tom sobre um pastor cuidar até os últimos momentos das suas ovelhas) Também não sei se aquela senhora escutou a oração do Presbítero. Só sei que olhava aquela senhora e observei a morte de perto foi uma sensação inexplicável que precisava deixar aqui registrada.

No outro dia Ceia, fui na igreja, ainda pensando neste ocorrido. O presbítero estava bastante triste e fez um comentário que fez me lembrar do Coffey do Livro 'A Espera de um Milagre' O comentário foi o seguinte: -Quando vou nestes lugares de tristeza e sofrimento, parece que um tanto da angustia e sofrimento é tragada à mim. Não foi bem nestas palavras mas ao ouvir ele falar aquilo no púlpito pareceu-me exatamente ao personagem deste livro. Fica aqui o meu Descanse em paz a esta Senhora. 



Crônicas de um Velho Jovem 

Postagem em destaque

Atitude racista afasta William Waack

William Waack Um vídeo que circulou nas redes socais nesta quarta-feira em que o apresentador William Waack, do Jornal da Globo, aparece...